Do boom em popularidade de Instagram Stories, para a recente expansão das oportunidades de publicidade, é um bom momento para aprender como começar a fazer marketing no Instagram para sua empresa.

As pessoas lembram 80% do que vêem, 20% do que lêem e 10% do que ouvem, portanto, não é de se admirar que o Instagram seja uma popular plataforma de mídia social, e não apenas para consumidores, mas também para marcas.

Com 90% das “Top 100 Global Brands” da Interbrand no Instagram e 53% dos usuários do Instagram seguindo suas marcas favoritas na rede social, como seu negócio pode tirar o máximo proveito do marketing no Instagram?

Este post vai tentar cobrir os primeiros passos, desde o início com a criação de um perfil e criando sua presença, até como montar uma estratégia de conteúdo, construir sua marca e aumentar os resultados.

Como criar uma conta Instagram para sua empresa.

Se você ainda não começou o Instagram, baixe-o para o seu dispositivo móvel na Apple Store ou no Google Play (é grátis). Você precisará se inscrever, o que significa escolher um e-mail mestre e uma senha segura. Depois de entrar no aplicativo, você será solicitado a preencher seu perfil.

Aqui estão algumas dicas sobre como otimizar o perfil Instagram do seu negócio.

1) Seu nome de usuário e bio:

Para descobrir, seu nome de usuário no Instagram deve corresponder ao nome de usuário de seus outros perfis de redes sociais de marca, já falamos disso no post sobre Como criar um canal de YouTube para empresas.

A única outra informação que aparece no seu perfil público é o seu site (uma URL que você pode mudar para promover campanhas ou novos conteúdos) e uma breve biografia.

Use sua biografia para explicar o que seu negócio e o que as pessoas podem esperar do seu perfil Instagram. Você também pode querer incluir qualquer hashtags de sua marca (mais sobre isso abaixo) que você deseja que os seguidores usem.

2) Sua foto de perfil:

Sua foto de perfil do Instagram provavelmente deve ser o logotipo da sua empresa. Ao combinar suas outras fotos de outras rede sociais, isso ajudará com a descoberta, já que as pessoas que o seguem no Twitter ou no Facebook reconhecerão sua marca instantaneamente.

Sua imagem de perfil Instagram será cortada em um círculo no aplicativo, então fique certo de escolher uma imagem que ficará bem com essa forma. Embora a imagem de perfil seja de 110 pixels de diâmetro no aplicativo móvel, escolha uma imagem maior, pois ela aparecerá maior na web.

3) Siga as pessoas (de volta):

Por fim, para iniciar a presença do Instagram no seu negócio, você quer seguir um grupo de usuários. Encontre influenciadores em sua indústria, clientes e outras pessoas relevantes para sua marca e siga-as.

Os dados demográficos do Instagram variam amplamente, então certifique-se de saber exatamente quem você está tentando atingir. Pesquise as hashtags da sua indústria e torne sua presença conhecida comentando fotos e seguindo as pessoas que participam dessas discussões. Você ficaria surpreso com a rapidez com que isso pode expandir sua base de seguidores no Instagram.

Por fim, adicione o seu nome de usuário do Instagram às suas páginas e outros perfis de redes sociais para promoção cruzada. Você também pode enviar uma ou duas mensagens pedido aos seus seguidores nessas redes para segui-lo no Instagram.

4) Definir metas para o seu negócio no Instagram:

Todos os seus esforços no Instagram devem ser conduzidos por objetivos estratégicos. O que você espera alcançar com o uso do Instagram? Defina metas que se relacionem com metas comerciais ou departamentais abrangentes. Por exemplo:

  • Aumentar as vendas de produtos
  • Conduzir o tráfego para o seu site
  • Aumentar a consciência da marca
  • Aumentar a satisfação do cliente
  • Atrair o melhor talento
  • Identificar e estabelecer relacionamentos com influenciadores

Não importa o que você está tentando alcançar, seus objetivos Instagram precisam ser específicos, mensuráveis, atingíveis, relevantes e com base no tempo (ou S.M.A.R.T., se você gostar de siglas).

Criando uma estratégia de conteúdo Instagram.

Navegar esporadicamente no Instagram, gostar aleatoriamente de algumas fotos e postar um retrato de perto do rosto do seu cão pela quarta vez em uma semana são coisas que funcionam bem para um indivíduo usando a plataforma.

Mas você precisa ter um plano de marketing mais deliberado para o Instagram se você espera construir uma comunidade forte e ver resultados reais para sua empresa. Sua estratégia deve abranger quatro coisas importantes.

1) Com que frequência e quando publicar:

Você quer manter um cronograma de postagem regular, mas não bombardear seus seguidores com muitas postagens. A maneira mais inteligente de descobrir o que funciona melhor para o seu negócio é testar postagens em diferentes intervalos e horários e depois rastrear os resultados. Uma vez que você descobriu a melhor cadência, um calendário de conteúdo compartilhado é a melhor maneira de acompanhar o que será postado e quando.

2) Temas de conteúdo:

Navegar entre diferentes temas de conteúdo irá manter as coisas interessantes para seus seguidores e ajuda a alcançar diferentes objetivos. Por exemplo, uma instituição de ensino com o objetivo de aumentar o awareness de sua marca e atrair novos alunos pode usar concursos, histórias de ex-alunos e a vida no campus como seus principais temas de conteúdo.

3) Diretrizes de estilo:

Você usa emoji em suas legendas? Existem diretrizes gramaticais que sua marca segue? Que hashtags você usa? Quais tipos de fotos você publica? Existem linhas visuais para as quais cada postagem deve aderir?

Suas diretrizes de estilo devem abranger todas as formas como sua marca se torna distinta e consistente. Entraremos em detalhes sobre como você pode definir essas coisas na próxima seção.

4) Diretrizes de engajamento:

Essas diretrizes devem cobrir como e quando sua empresa interage com outras contas no Instagram, como gostar e comentar as fotos de outras pessoas até responder aos comentários recebidos em sua própria conta. Dica: não automatize nenhum dos seus engajamentos. Nós tentamos, e isso não funciona tão bem.

Construindo uma marca Instagram para sua empresa.

Instagram é sobre os visuais e estética, portanto, procure construir uma identidade de marca coesa e reconhecível. Aqui estão algumas maneiras de fazer isso.

1) Crie consistência visual:

Um relatório da WebDam descobriu que 60% das principais marcas no Instagram usam o mesmo filtro para cada publicação. Ao usar os mesmos filtros todas as vezes, você pode estabelecer um estilo que se tornará reconhecível para seus seguidores. Como seu objetivo é fazer com que os usuários do Instagram parem para ver a sua imagem quando aparecer no feed deles (para se envolver com ela, gostando ou comentando), as imagens mais instantaneamente reconhecíveis, melhor.

2) Escolha o seu assunto:

Visualmente, você precisará decidir em que conteúdo suas postagens focarão. Em alguns casos, o conteúdo será óbvio: uma linha de roupas mostrará roupas, um restaurante publicará fotos de sua comida.

Contudo, você pode experimentar coisas diferentes, como publicar fotos mostrando um estilo de vida, contando um pouco do backstage dos seu negócio, parcerias que você está firmando, reuniões importantes, vídeos de palestras que deu, etc.

3) Crie um hashtag da sua marca:

Finalmente, podem haver elementos não visuais para adicionar à sua marca no Instagram, como linguagem ou estilo de escrita para as legendas. Uma técnica popular é a hashtag da sua marca. Isso não significa simplesmente usar o nome da sua empresa como uma hashtag, mas sim sobre a criação de uma hashtag que incorpora sua marca e incentiva os seguidores a compartilharem fotos que se encaixem nessa imagem.

A Polímatas no começo atraiu algumas hashtags como #soupolimata e #sejapolimata com o intuito de demarcar quando nossos empreendedores estavam se aperfeiçoando em cursos e workshops ou quando se encontravam em eventos.

A Poler Stuff, marca de gadgets para aventureiros, não tem uma, mas quatro hashtags de marca (#campvibes, #adventuremobile, #bagitandtagit e #beneaththebrim). #Adventuremobile não está diretamente relacionado a nenhum dos produtos da Poler, mas fala com a personalidade de sua marca de vida ativa e ao ar livre e atraiu centenas de milhares de postagens.

4) Seja fiel ao seu público:

Sua empresa seu marketing no Instagram não terão sucesso simplesmente imitando a estratégia de outras marcas. O que funciona para a Starbucks ou Red Bull não funcionará necessariamente para uma instituição financeira ou uma organização sem fins lucrativos.

Aperfeiçoe seu público e assegure-se de atender aos seus interesses e expectativas. Olhe o que está funcionando para o seu negócio em outras redes sociais, o conteúdo que seu público está compartilhando no Instagram e como eles interagem com seus concorrentes ou marcas similares.

Seja criativo com o conteúdo do seu Instagram.

Tirar uma foto, adicionar um filtro e publicar. Certo? Isso pode ter funcionado quando o Instagram estava em seu começo, mas a plataforma amadureceu e agora oferece muitas oportunidades para que as empresas compartilhem diferentes tipos de conteúdos interativos e atraentes.

Aqui estão algumas maneiras de sair e ser mais criativo com o conteúdo do Instagram.

1) Não negligencie legendas:

O Instagram pode ser sobre ter um conteúdo visual cativante, mas não negligencie as legendas que acompanham cada foto – elas apresentam uma grande oportunidade para o seu negócio contar uma história. As legendas do Instagram permitem expandir a imagem, dar contexto e até fazer seus seguidores rirem (especialmente se você é proficiente em emoji).

2) Use álbuns de fotos e vídeos:

Você pode adicionar até 10 fotos e vídeos a uma única publicação do Instagram, dando aos usuários a oportunidade de deslizar e ver cada pedaço de conteúdo individual. Esses álbuns oferecem às empresas uma maneira de combinar fotos e vídeos para contar histórias e transmitir informações de forma altamente envolvente.

3) Corra riscos com Instagram Stories:

O Instagram Stories acumulou rapidamente milhões de usuários diários e não há escassez de empresas que os utilizam. O conteúdo que desaparece e os recursos de transmissão ao vivo tornam o Instagram Stories o veículo perfeito para as empresas assumirem riscos criativos e criar fotos e vídeos atraentes. É uma chance de você fazer testes rápidos que não terão efeitos longos (como conteúdos que ficam “eternizados” na sua timeline).

4) Colabore com influenciadores:

Identifique pessoas influentes no Instagram que sejam relevantes para sua marca ou indústria e comecem a construir um relacionamento. Você pode dar-lhes o controle de sua conta no Instagram para que eles postem seus conteúdos ou mesmo que eles te dêem conteúdo para publicar sobre o seu backstage. Isso poderia ter retorno de marca ao contar novas histórias e manter um público engajado com as novidades.

Enquanto muitos influenciadores cobrarão um bom preço por seus serviços, mesmo as pequenas e médias empresas podem usar essa tática ao fazer parcerias com influenciadores locais. Aprenda o que é marketing de influência e influenciadores digitais neste vídeo, retirado de um evento nosso, Marcos Coelho conta explica em termos simples o que é e como trabalhar.

Marketing no Instagram para sua empresa: conclusões.

Apesar de este post ser focado para quem está começando com estratégia de marketing no Instagram para sua empresa, você pode também recorrer aos anúncios na plataforma, que tem se provado bem eficientes.

Você pode complementar a sua leitura lendo sobre 8 formas de investir em marketing de forma inteligente.

Você também pode gostar de:

Pré-inscrição de Curso


×

×

×
[contact-form-7 id="30510" title="Formulário de Locação de Sala"]

×
Interessa em fazer parte da Tribo

A comunidade online vai ser liberada no dia 29 de Maio. Deixe seus contatos aqui e receba acesso em primeira mão!
[activecampaign form=106]

×

Produção Audiovisual na Prática

No curso Produção Audiovisual na Prática, vamos te mostrar a realidade atual e as tendências do mercado, como resolver os problemas que podemos encontrar pelo caminho, como achar o cliente certo e conquistá-los, além de técnicas de roteiro, brief, manuseio de equipamentos, como montar um orçamento e apresentar a proposta ideal de trabalho ao seu público.

Quem é o Professor

Gabriel Marchi é filmmaker, diretor cinematográfico e jornalista especializado em Produção e Mercado Audiovisual pela PUC PR. Formado em Direção de Fotografia pela AICTV – Academia Internacional de Cinema e Televisão, já criou vídeos dos mais diversos formatos, incluindo documentários, videoclipes, institucionais, filmes publicitários e web vídeos. Atende a demanda de audiovisual Brasil afora, incluindo Ministério da Saúde, History Channel, Orquestra Filarmônica de Curitiba, Shopping Pátio Batel, Shopping Estação, Hospital Vita, Britânia, Philco, diversas agências de publicidade e emissoras locais.

×

Edição de Vídeo com Adobe Premiere

No curso Edição de Vídeo com Adobe Premiere, você vai aprender como editar vídeos na prática! O curso é totalmente voltado ao mercado de trabalho e aborda as principais etapas da montagem de um vídeo ou filme. Você vai aprender conceitos de edição, organização, técnicas profissionais de trabalho, edição, sonorização, efeitos até a exportação. Tudo isso sempre ligado a referências, exemplos reais e atividades práticas.

Quem é o Professor

Bruno Baltarejo é professor e coordenador dos cursos de audiovisual no portal TreinaWeb. Trabalha com edição e pós produção de filmes publicitários e cinema desde 2006. Instrutor com diversas certificações internacionais; Authorized Trainer DaVinci Resolve, Adobe Certified Instructor em After Effects, Premiere, Illustrator, Lightroom, Photoshop, Video Specialist.

×

Storytelling

Neste curso de Storytelling você aprender na prática o passo a passo para construir boas histórias. Seja para um livro, blog, podcast, TED Talks, redes sociais, apresentação de projetos e etc.
E há técnicas para isso. Desde as mais simples, que você consegue escrever num guardanapo, até as mais minuciosas, em que você gastará páginas e páginas de planejamento, montando cada detalhe da história com o cuidado para que ela nunca deixe de ser interessante.

Quem é o Professor

Ivan Mizanzuk é doutor em Tecnologia (UTFPR) e professor em cursos de Design, Arquitetura e Jornalismo em Curitiba-PR, além de escritor e podcaster. Autor dos livros “Existe Design?” e “Até o Fim da Queda” e host do podcast AntiCast desde 2011. Em 2015 lançou o Projeto Humanos, um dos poucos podcasts em formato storytelling no Brasil, mesmo formato de programas de grande sucesso nos EUA, como Serial, This American Life e Radiolab.

×

Adobe After Effects

O After Effects é um dos mais antigos softwares da Adobe, imbatível na área de composição para televisão, cinema e internet. É vastamente utilizado na criação de efeitos digitais, cartelas publicitárias, animações vetoriais, tipográficas, infográficos animados e MUITO mais. Este curso aborda uma visão geral deste prestigiado software, ideal para quem está iniciando o uso desta ferramenta. É apresentado a integração com os demais softwares Adobe, técnicas de composição, workflow de produção, animação, entre outros conceitos importantes voltados para a área de Motion Graphics e Efeitos Visuais.

Quem é o Professor

Bruno Baltarejo é professor e coordenador dos cursos de audiovisual no portal TreinaWeb. Trabalha com edição e pós produção de filmes publicitários e cinema desde 2006. Instrutor com diversas certificações  internacionais; Authorized Trainer DaVinci Resolve, Adobe Certified Instructor em After Effects, Premiere, Illustrator, Lightroom, Photoshop, Video Specialist.

×

Youtube Business

No curso YouTube Business, você aprende como montar seu canal, gerenciá-lo com qualidade, monetizá-lo e transformá-lo num negócio rentável. 
Além de entender como definir seu público específico, como começar um canal desde os primeiros passos, definir sua estratégia de conteúdo e linguagem, desenvolver relacionamentos com outros influenciadores e bombar a divulgação do seu canal, seja ele pessoal ou empresarial.

Quem é o Professor

Ricardo Almeida é cofundador da Coletive, aceleradora de canais do YouTube. Desde o início da sua carreira, trabalhou com canais gigantes do Brasil e do exterior, como PC Siqueira, Kéfera, NiceNienke, Gabriel O Pensador, Clara Aguilar e Tesão Piá e empresas como SEBRAE, Positivo e a própria Aldeia. É jornalista pós-graduado em Comunicação Audiovisual e diretor de produção.

×