O processo de aquisição de usuários para o seu novo produto ou serviço não é fácil, ainda mais se você precisa construir uma base de possíveis clientes do zero. Mas é possível. Não vou dizer aqui o grande segredo que fará você ir de 0 a R$10.000 em vendas em 7 dias (até porque eu nem sei), mas algumas técnicas para aquisição que você mesmo pode realizar, sem saber programar. Investir em uma equipe profissional de marketing é essencial, mas para empresas no início, não dispomos desse dinheiro.

O que eu vou falar aqui são pequenas técnicas para aquisição de usuários que você possa utilizar em qualquer momento, com links para uma leitura mais aprofundada, seguido de sugestões de qual momento acredito que elas sejam úteis. Não inventei nada, mas são as técnicas de aquisição de usuários que eu uso aqui na Polímatas.

Experimente o período trial do Linkedin.

Você pode usar por 30 dias as ferramentas de busca.

O Linkedin permite que você teste por 30 dias o premium deles. Isso te dá acesso a conexões de 3º grau, enviar mensagens mesmo que a pessoa não esteja na sua rede, entre uma série de coisas. Mas o mais importante: buscas ilimitadas e avançadas. Isso porque com a conta gratuita, você tem um limite de buscas (por semana, se não me engano). Uma das melhores técnicas para aquisição de usuários é pedir o período de testes (você terá que colocar um cartão de crédito, mas é bem seguro). Como dica inicial, eu falaria para você ter pelo menos umas 500+ conexões (clique aqui para adicionar algumas pessoas próximas) antes de aderir ao período de testes. Por quê? Porque daí você terá mais 2ªs conexões e isso trará mais confiança aos outros usuários quando eles forem te aceitar. Além disso, preencha seu perfil, deixe ele bem completo, coloque o link do serviço que você quer vender.
Funciona MUITO você enviar uma nota personalizada ao solicitar a conexão. Ela cai direto na caixa de mensagens da pessoa.

Técnica útil para quem:

  • Quem tá buscando validação ou primeiros clientes.
  • Quem faz vendas um-a-um.

Conheça web scraping.

Transforme listas na internet e diretórios em tabelas de forma automática.

Se você usa listas para conseguir clientes e tem que ficar copiando e colando numa planilha para depois usar os contatos (muitas pessoas, por exemplo, vão em classificados ou telelistas para conseguir nomes, endereços e telefones), você tem que conhecer o web scraping. Essa técnica consiste em criar um bot para automatizar a captura de dados de páginas da web. Enquanto existe web scraping ilegais, a gente vai se ater a práticas legítimas para falar de nossas técnicas para aquisição de usuários. Pense nele como uma automação do seu trabalho de selecionar, copiar e colar.
Não se preocupe, você não precisa ser um programador para fazer isso. Eu mesmo utilizo ele frequentemente. Contudo, você vai precisar ler alguns tutoriais em inglês. Primeiro você deve instalar o plugin do Google Chrome chamado intuitivamente de Web Scraper. Em sua própria página, o criador do site criou vários tutoriais para você aprender a extrair os dados que te interessam.

Técnica útil para quem:

  • Possui clientes que têm seus dados (ou alguns de seus dados) abertos na internet, como caso de telelistas, ecommerces e afins.
  • Precisa constantemente copiar e colar manualmente dados de páginas da internet.

Ferramenta Público Semelhante do Facebook .

Uma forma de identificar quem tá visitando seu site direto na rede social.

O Facebook possui uma ferramenta de anúncio chamada “Gestor de Públicos”, na qual você pode fazer remarketing para pessoas que já visitaram o seu site. Vá até a página da ferramenta aqui e clique no botão no canto superior esquerdo “Criar público” e selecione a opção Público personalizado. No modal que abrir, selecione a opção de Tráfego do site e defina o intervalo de dias que desejar (eu colocaria 180).
Você terá que instalar um Pixel em seu site para isso funcionar.

Técnica útil para quem:

  • Não tem uma maneira de capturar contato do pessoal que entrou em seu site.
  • Possui algum orçamento para gastar no Facebook. Pode ser pouco.
  • Vai fazer um pré-lançamento ou landing page e quer redirecionar uma campanha para quem visitou seu site.

Crie modais de captura de email.

Modais são pop ups que abrem na própria página. Cuidado, contudo, pois muitos sites abusam desse recurso, sendo incômodos, ainda mais se eles atrapalham a navegação e/ou leitura. É difícil eu dizer qual recurso você deve usar, ainda mais se não sei como você está configurando seu site. Mas busque por “[plataforma] + modal email” no Google. No caso da Polímatas, nós usamos Mailmunch em nosso WordPress. Dentro desse guarda-chuva de captura de email, você pode usar as barras superiores ou modais de intenção de saída (exit intent modal). Ter esses modais são ótimos para quem possui páginas que ranqueiam bem em SEO, uma vez que o seu visitante entra em seu site para pegar uma informação específica e tem pouca probabilidade de visitar uma segunda página, como acontece com blogs.

Técnica útil para quem:

  • Gostaria de capturar contatos dos seus visitantes.

Você também pode gostar de:

Pré-inscrição de Curso









×

y

×

×








×
Interessa em fazer parte da Tribo

A comunidade online vai ser liberada no dia 29 de Maio. Deixe seus contatos aqui e receba acesso em primeira mão!
[activecampaign form=106]

×