Apesar de ser um assunto popular nas discussões por aí, é raro a gente conhecer aplicações da inteligência artificial em projetos.

O que você provavelmente não sabe é que muitas startups estão investindo nessas tecnologias para solucionar problemas enfrentados por pessoas e empresas ao redor do mundo diariamente.  Aliás, se você quer sair na mídia, é só falar que tem uma startup que faz qualquer coisa com inteligência artificial (IA). Virou uma buzzword.

Para te deixar por dentro, trouxemos aqui algumas das mais sérias e impactantes aplicações da inteligência artificial que já estão rodando por aí.

Diagnóstico de pacientes com câncer

aplicações da inteligência artificial

O IBM Watson com certeza é um dos principais sistemas inteligentes no mercado. A partir de uma base de informações, ele consegue aprender qualquer assunto. Diante disso nasceu o IBM Watson for Oncology, que ajuda a diagnosticar pacientes com câncer. Ele analisa vários dados e indicadores, bem como milhares de históricos e fontes para chegar nos melhores resultados.

Isso é totalmente um game changer, aumentando significativamente a assertividade e velocidade dos diagnósticos, inclusive dos mais raros. E, para você ter uma ideia, o IBM Watson já ajudou a diagnosticar uma paciente com um câncer raríssimo, que até então nenhum médico tinha conseguido. E, acredite: estamos apenas no começo.

Desenvolvimento de robôs criativos

aplicações da inteligência artificial

A automação de atividades operacionais é algo com o que já estamos nos acostumando. Mas quando nos deparamos com sistemas inteligentes criando arte, uma atividade totalmente realizada por pessoas criativas, começamos a entender a dimensão dessas tecnologias.

Uma agência de publicidade, em parceria com a ING, instituição financeira holandesa, e a Microsoft, já criou uma pintura equivalente a uma original do Rembrandt. A inteligência artificial da Microsoft passou por um processo de aprendizado para entender como era a obra do artista, como era o traço, sobre o que ele pintava, e todos os detalhes. A partir disso, esse sistema criou uma obra totalmente inédita, que nem mesmo os programadores da inteligência artificial poderiam prever. E ficou lindo!

Esse processo de aprender algo, e, a partir disso, criar algo inédito, será muito comum nos próximos anos em vários contextos. É um assunto bem polêmico, porque muitos acreditam que robôs não podem ser criativos. Mas, na realidade, a nossa criatividade é a combinação de várias referências que temos nos nossos cérebros, criando coisas novas.

Imaginando que uma inteligência artificial tem acesso a milhões de referências na internet, poderá fazer combinações e criar o inimaginável, resolvendo todo tipo de problemas, até mesmo artísticos.

Assistente pessoal

aplicações da inteligência artificial

Quem já assistiu ao filme HER sabe o que é uma assistente pessoal virtual realmente inteligente. O filme parece bem utópico e distante, mas hoje mesmo já vemos seus embriões funcionando. O case mais impressionante que vi foi a Amy Ingram, da empresa x.ai.

Ela é um bot que funciona conectada ao seu e-mail e a sua agenda, e é responsável por organizar tudo, entendendo o contexto, separando em tags, e o principal, viabilizando e marcando seus compromissos na agenda.

Por exemplo: imagine que você está discutindo algo com seu sócio por e-mail, e vocês resolvem que seria interessante marcar uma reunião presencial. Você pode adicionar a Amy em cópia e pedir que ela agende uma reunião nos próximos dias. Assim mesmo, em linguagem natural.

Logo na sequência, ela vai analisar seus horários vagos na agenda e enviar um e-mail para o seu sócio tentando marcar a reunião nesses horários. Se ele aceitar um dos horários, a reunião já estará criada na sua agenda. Tudo isso através de uma conversa natural, como se houvesse uma secretária humana respondendo aos e-mails.

Muito em breve, esse tipo de assistente será absolutamente normal para todas as pessoas e lhes ajudará nas principais atividades do dia.

Robô advogado

aplicações da inteligência artificial

O ROSS é o IBM Watson otimizado para o mundo do Direito. “Você faz sua pergunta usando inglês normal e o ROSS lê todo o material legal e lhe retorna uma resposta e tópicos de leituras da legislação, jurisprudências e artigos”, segundo o site. Essa inteligência artificial já ajudou em vários processos, inclusive conseguindo substituir grande parte de equipes de advogados, economizando milhares de dólares.

O fascinante do ROSS é que ele consegue ler documentos não estruturados, como artigos e documentos em PDF, e entender sua semântica. Com isso, economiza horas de pesquisa dos advogados e sugere insights que seriam extremamente complexos de serem alcançados.

Esses são apenas 4 exemplos de como estamos acelerados e evoluídos em termos de inteligências artificiais. Muito em breve será extremamente comum dividirmos nossa vida pessoal e profissional com esses robôs espertos.

Gosta de tecnologias do futuro?

Então dá uma olhada no Curso de Arduino, em Curitiba e descubra porque Arduino se tornou uma ferramenta criativa importante para experimentar ideias, validar conceitos, aprender robótica e eletrônica, elaborar automações, prototipar produtos e criar sistemas interativos.