erros de marketing digital

Não há nada pior do que ver empresas e profissionais competentes, cheios de boas intenções, cometendo erros de marketing digital bobos ao tentar alavancar seus projetos.

Com a democratização da internet e popularização das mídias sociais dos últimos anos, não é novidade para ninguém que o marketing digital tem sido uma das estratégias mais efetivas quando se trata de alcançar mais clientes e gerar mais vendas.

Mas como diria o nosso eterno guru Rocky Balboa: o mundo não é um mar de rosas.

A mesma imensidão de informações que pode te ensinar a criar uma campanha de Facebook Ads matadora, em menos de 15 minutos, também pode te confundir bastante. Ou – na pior das hipóteses – te fornecer informações erradas e distorcidas.

E é por isso que vemos tantas empresas cometendo alguns erros básicos de marketing digital praticamente todos os dias.

Pensando nisso, os Profissas separaram para a gente quais são os erros mais comuns que eles veem iniciantes cometendo ao se aventurarem pelo mundo online. E, é claro, qual a maneira mais fácil e inteligente de evitar cada um destes erros!

Erro #1: Não conhecer o público-alvo

erros de marketing digital

O seu produto (ou serviço) é de excelente qualidade, sua estratégia está impecável e você consegue produzir conteúdos incríveis para a sua marca… Mas, por algum motivo, os resultados não aparecem.

Será que você está chegando nas pessoas certas e, principalmente, sabendo se comunicar com elas?

Sua marca deve comunicar o que o cliente quer ouvir, não o que você quer que ele ouça. Por isso estude o máximo possível o comportamento do seu público-alvo.

Quais formatos de conteúdo eles mais consomem? Quando estão online? Onde frequentam? O que fazem quando não estão trabalhando? Quanto ganham?

Quando mais informação você tiver sobre o seu público alvo, mais fácil será direcionar as suas ações para as pessoas certas e menos erros comuns no marketing digital serão cometidos durante o processo.

Erro #2: Falar demais sobre si mesmo e esquecer do usuário

erros de marketing digital

Quando se cria um site, ou mesmo um post de blog, é muito comum (e tentador) acabar falando de si mesmo, contando toda a sua história e o quanto o seu produto é “inovador”.

E isso é o exatamente o que as pessoas não querem ler.

A não ser que o seu público-alvo seja formado exclusivamente pelos seus familiares, é bom você começar a produzir conteúdo falando sobre aquilo com o que eles mais se identificam: eles mesmos.

Foque nos problemas do público-alvo e ofereça soluções inteligentes de como elas podem resolvê-los. Nenhuma página de “Sobre nós” vai fazer um consumidor mais o seu fã do que o fato de você ter resolvido o problema dele ou tirado aquela dúvida que nenhuma outra pessoa estava sabendo responder.

Erro #3: Não possuir um CTA (Call To Action) claro e intuitivo

erros de marketing digital

Não ter um “próximo passo” ou objetivo claro no seu blog pessoal que você criou quando tinha 16 anos não tem problema nenhum, uma vez que seu objetivo ali era exclusivamente compartilhar suas experiências com o mundo.

Mas quando estamos falando em Marketing Digital com foco em resultados, é fundamental fornecer um Call To Action (“chamada para ação” numa tradução livre) para o seu usuário.

Isso porque, no meio de tantos sites e conteúdos legais na internet, as chances de uma pessoa ver um conteúdo seu e lembrar de voltar ao seu site para fazer uma compra ou contratar um serviço são mínimas.

Por isso tente sempre levar o usuário até a etapa em que você quer que ele chegue. Isso pode ser feito através de botões fixos no canto do site, banners ou mesmo frases simples no caso de conteúdos escritos – como é o caso deste artigo no qual vamos oferecer o curso de Marketing Digital da Aldeia.

Erro #4: Não pensar fora da caixa

erros de marketing digital

Apesar da frase ser um dos clichês mais usados do século, a verdade é que ela representa muito bem um dos principais erros de marketing digital. Muitos iniciantes criam uma estratégia baseados em práticas antigas e “manjadas” pelo público, esperando que os resultados serão os mesmos ou até melhores do que a média do mercado.

O maior exemplo disso talvez seja a enxurrada de ebooks e webinars que vemos atualmente na internet.

Não nos entenda mal: ebooks e webinars podem ser práticas extremamente efetivas quando o conteúdo for de qualidade e o público-alvo (sim, ele de novo!) for alcançado da forma correta.

Porém, apostar que as pessoas irão baixar o seu ebook ou assistir seus webinars sem que você ofereça algum diferencial dos concorrentes é, além extremamente comum, uma tremenda perda de tempo e dinheiro.

Mas como pensar fora da caixa?

Não existe receita mágica, mas uma ótima prática é sugerida pelo James Altucher, empreendedor e autor do popular Choose Yourself, é fazer o que ele chama de “sexo de ideias”.

Usando o exemplos dos ebooks e webinars, imagine que todos os seus concorrentes provavelmente já oferecem um ebook, mas poucos deles oferecem um ebook exclusivo para quem participar do webinar.

Ou, quem sabe, um webinar em que será sorteado um ebook exclusivo?

Além de agregar valor ao produto oferecido, essas práticas são inovadoras e despertam a curiosidade do seu público.

Erro #5: Apostar muito na aparência e esquecer do conteúdo

erros de marketing digital

Uma mania bastante comum dos brasileiros e cada vez mais dispensada pelos americanos (pioneiros na maioria das práticas de marketing digital que vemos hoje) é apostar todas as fichas na aparência. A gente esquece que não importa o quão lindo seja o seu site ou produto. O que vai manter o usuário engajado e incentivá-lo a compartilhar é o conteúdo que ele oferece.

Os motivos são diversos, e seria necessário um artigo só para falar disso se quisermos nos aprofundar, mas a verdade é que atualmente as pessoas estão valorizando muito mais a funcionalidade do que a aparência de um produto.

Ninguém tem mais tempo – e paciência – para passar mais do que alguns minutos dentro de um único site. Além disso, as milhares de ferramentas gratuitas e de qualidade que vêm surgindo nos últimos anos fazem com que a aparência  deixe de ser um diferencial tão forte como antes.

Obviamente, existem exceções. Se um usuário tiver que escolher entre dois sites com as mesmas funcionalidade, por exemplo, é bem provável ele escolha o mais bonito.

Mas, como regra geral, se você quer resultados e evitar o máximo possível de erros com o marketing digital, invista mais na funcionalidade e praticidade do que na aparência dos seus conteúdos.

Erro #6: Operar muito no “achismo”

erros de marketing digital

Outro erro muito comum não só entre iniciantes, mas também entre empresas especializadas em marketing digital, é fazer planejamentos e executar ações na base do “achismo”, sem nenhuma base teórica ou mesmo estatística que indique sua eficiência.

Ferramentas gratuitas como Google Analytics e SEMrush permitem que qualquer pessoa faça uma análise precisa não só sobre o seu próprio site, mas também do site dos concorrentes.

Ou seja, falta de dados para analisar absolutamente já não é mais uma desculpa.

Criar o costume de analisar dados e transformá-los em ações eficientes economiza tempo, recurso e evita erros que podem custar caro para a imagem e reputação da empresa.

Erro #7: Limitar sua estratégia de marketing digital às redes sociais

erros de marketing digital

Apesar de as redes sociais serem uma peça importantíssima de qualquer estratégia, é importante entender que o marketing digital vai muito além disso.

Inbound Marketing, marketing de conteúdo, marketing de influência e e-mail marketing têm se provado estratégias extremamente eficientes e, dependendo do nicho de mercado, até mais relevantes do que as redes sociais.

Na maioria das vezes, investir esforços nas redes sociais e ignorar outros canais é uma consequência do primeiro erro de não entender o seu público-alvo bem o suficiente.

Perguntas como “por qual canal eles consomem conteúdo?” ou “com qual frequência eles visitam as redes sociais?” podem ser bastantes úteis para definir um meio de divulgação que consiga atingir as pessoas certas, na hora mais conveniente e com o conteúdo que elas querem ver.

Erro #8: Acreditar que as redes sociais se limitam ao Facebook

erros de marketing digital

A abrangência do Facebook em termos de quantidade de pessoas é  indiscutível. Atualmente, ele tem mais de 1,7 bilhão de usuários ativos todos os dias.

Mas será que podemos dizer a mesma coisa sobre a relevância de seus usuários em relação ao produto ou serviço que você oferece?

Enquanto o Facebook ganha no que diz respeito à quantidade, outras redes sociais como Linkedin e Twitter têm saído na frente e agradado muito mais as empresas quando falamos de qualificação.Ou seja, a possibilidade daquele usuário se tornar um cliente é maior nestas redes.

Mas calma. Isso não significa que você pode parar de usar o Facebook, mas sim estudar cada rede social do ponto de vista de negócio e, então, encontrar novas formas de atingir seu público-alvo por lá.

Além da qualificação do seu público-alvo naquela plataforma, a concorrência em outras redes sociais é sempre menor que no Facebook.

Dicas finais

Colocar tudo isso em prática pode parecer complicado para quem está começando.

Afinal, a maioria das pessoas e empresas menores não possuem orçamento para contratar um profissional ou uma agência especializados. Por isso, acabam cometendo vários dos erros de marketing digital citados aqui.

Nesses casos, a dica dos Profissas é a seguinte: comece agindo nos pontos que mais te impedem de alcançar seus objetivos neste momento.

Se a sua empresa depende exclusivamente de compartilhamento de conteúdo para vender, comece definindo qual é o seu público e como eles podem ser atraídos até você.

Espalhe chamadas (CTAs) claros no seu site e fique de olho nas métricas do Google Analytics. Elas fornecerão os dados necessários para as próximas ações.

E, é claro, se tiver alguma dúvida específica, entre em contato com a galera da Profissas.

Mas agora, se você quiser se aprofundar de verdade, dá uma olhada no Curso de Marketing Digital do Aldeia Lab!

Você também pode gostar de:

Pré-inscrição de Curso









×

y

×

×








×
Interessa em fazer parte da Tribo

A comunidade online vai ser liberada no dia 29 de Maio. Deixe seus contatos aqui e receba acesso em primeira mão!
[activecampaign form=106]

×